Conquiste o seu lugar na farmácia: Carta de motivação eficaz e cativante

A carta de motivação é um elemento crucial na candidatura a um emprego, especialmente em áreas tão competitivas como a farmácia. Este documento permite-lhe destacar-se da concorrência, mostrando a sua paixão e compromisso com a profissão.

Neste artigo, partilhamos consigo alguns conselhos e dicas práticas para escrever uma carta de motivação que aumente as suas hipóteses de ser selecionado para a vaga desejada como profissional de farmácia.

8 Dicas práticas para escrever a carta de motivação:

1. Pesquise sobre a empresa

Antes de começar a escrever, informe-se sobre a farmácia e os seus valores, para alinhar a sua carta de motivação com a cultura da empresa. Faça uma pesquisa detalhada sobre a história da empresa, as suas realizações, desafios e o tipo de serviços que oferece. Com esta informação pode referir coisas que tenha realizado e que vão ao encontro dos objetivos da organização. Também mostrará que está genuinamente interessado em fazer parte da equipa.

2. Use uma abertura forte e cativante

Comece a sua carta com uma abertura memorável que capte a atenção do recrutador e faça com que queira ler mais. Evite frases genéricas como “Escrevo para me candidatar à posição de…”. Em vez disso, opte por uma abertura que demonstre entusiasmo e interesse, como “Fiquei satisfeito ao saber da oportunidade na Farmácia X, pois acredito que a minha paixão por ajudar os utentes e a minha experiência em farmácia comunitária seriam um excelente mais-valia para a sua equipa.”

3. Seja específico, claro e conciso

Mencione as suas competências e experiências mais relevantes, explicando como podem ser úteis para a farmácia. Seja conciso, apresentando exemplos concretos de como as suas capacidades se aplicam ao trabalho. Por exemplo, refira cursos, estágios ou projetos específicos que demonstrem o seu conhecimento e experiência na área farmacêutica. Escreva de forma objetiva, evite frases redundantes e conteúdo que não seja relevante.

4. Destaque realizações quantificáveis

Quando mencionar as suas aptidões e experiências, tente incluir números, estatísticas ou resultados específicos que demonstrem o impacto do seu trabalho. Por exemplo: “Durante o meu estágio numa farmácia comunitária, ajudei a aumentar a adesão ao programa de acompanhamento de doentes em 20%, o que resultou em melhorias significativas na gestão da medicação e satisfação do doente.”

5. Enfatize aptidões interpessoais e de comunicação

As aptidões interpessoais e de comunicação são cruciais na área farmacêutica, pois os profissionais de farmácia trabalham diretamente com utentes, médicos e outros profissionais de saúde. Destaque exemplos de como demonstrou essas competências no passado, seja através do atendimento ao cliente, trabalho em equipa ou apresentações e discussões em eventos profissionais.

6. Mostre paixão pela profissão

Demonstre o seu entusiasmo pelo trabalho na área farmacêutica, partilhando histórias ou experiências pessoais que o motivaram a seguir esta carreira. Pode comentar, por exemplo, o impacto que a profissão tem na vida das pessoas, a importância do aconselhamento farmacêutico e como se identifica com os valores e princípios éticos da profissão.

7. Demonstre conhecimento sobre questões atuais e tendências na área farmacêutica

Mostre que está atualizado sobre as últimas notícias e desenvolvimentos no campo da farmácia, mencionando tópicos relevantes e atuais na sua carta de motivação. Isso pode incluir novas regulamentações, avanços no tratamento de doenças ou inovações tecnológicas que estão a moldar a profissão.

8. Reveja o seu texto

Verifique a gramática, ortografia e pontuação, garantindo que a sua carta está bem escrita e fácil de ler. Se possível, peça a um amigo e/ou colega para rever o seu texto e dar feedback. Uma carta bem escrita e livre de erros demonstra profissionalismo e atenção aos detalhes.

6 Dicas para estruturar e formatar a carta de motivação:

1. Utilize um cabeçalho profissional

Inclua o seu nome, morada, contacto telefónico e e-mail no topo da carta. Certifique-se de que todas as informações estão atualizadas e corretas. Se possível, use um endereço de e-mail profissional que contenha o seu nome.

2. Enderece a carta a uma pessoa específica

Sempre que possível, dirija a sua carta a um responsável de recursos humanos ou ao gerente da farmácia, usando o seu nome e cargo. Ao fazer isso, demonstra que fez o trabalho de pesquisa e se preocupa em estabelecer uma conexão pessoal com o destinatário.

3. Divida a carta em parágrafos

Organize a sua carta em parágrafos claros e concisos, facilitando a leitura e compreensão do texto. Cada parágrafo deve abordar um ponto específico, como uma competência ou experiência, e ser estruturado de forma lógica e coerente.

4. Mantenha a carta breve

Limite a sua carta a uma página, entre 250 e 400 palavras, focando-se nos pontos mais relevantes e evitando informações desnecessárias. O objetivo é chamar a atenção do recrutador e estimular o interesse pela sua candidatura, sem sobrecarregá-lo com detalhes excessivos.

5. Utilize uma linguagem clara e assertiva

Adote um tom profissional e direto, evitando jargões, clichés, expressões complicadas, ou linguagem demasiado floreada. Além disso, utilize frases curtas e coloque a informação por tópicos sempre que possível, pois vivemos uma época em que a brevidade é crucial.

6. Conclusão e call to action

Finalize a carta de motivação com uma declaração positiva e confiante, reiterando o seu interesse pela vaga e agradecendo pela oportunidade de se candidatar. Inclua um call to action (chamada para a ação), sugerindo um encontro para uma entrevista ou uma conversa para discutir a sua candidatura mais detalhadamente. Por exemplo: “Estou ansioso pela oportunidade de falar consigo sobre como a minha experiência e paixão pela farmácia podem contribuir para o sucesso da Farmácia X. Entrarei em contacto na próxima semana para verificar se há uma oportunidade conveniente para conversarmos.” Isto mostra iniciativa e interesse genuíno na posição.

//Entrevista de Marisa Teixeira

Content Manager na Phormula Group

Maio 2023

Partilhar